Categorias
Fé e Espiritualidade

Ele nos ouve- Jeremias 29:10-14

Ele nos ouve

“… quando vocês clamarem por mim em oração, eu os ouvirei. v12

 

O presidente dos EUA, Franklin D. Roosevelt, suportava longas filas de recepção. E ele  se queixava de que ninguém prestava atenção ao que era dito e decidiu testar isso numa dessas filas. A todos os que apertavam-lhe a mão, ele dizia: “Assassinei a minha avó esta manhã”. E os convidados respondiam com frases do tipo: “Maravilhoso! Continue o bom trabalho. Deus abençoe o senhor”. Só no final da fila, o embaixador da Bolívia ouviu realmente suas palavras. Sem rodeios, o embaixador sussurrou: “Mas eu tenho certeza de que ela mereceu”.

Falando sobre como Ele nos ouve

 

Então… alguma vez você se questiona se as pessoas estão realmente ouvindo? Ou pior, teme que Deus não te ouça? Podemos perceber se as pessoas nos ouvem, observando suas respostas ou então pelo contato visual. Mas como ter certeza de que Deus nos ouve? Devemos confiar nos sentimentos, ou ver se Deus responde às nossas súplicas? Após 70 anos de exílio na Babilônia, Deus prometeu trazer o Seu povo de volta a Jerusalém e proteger o seu futuro (Jeremias 29:10-11). Quando eles o invocaram, o Senhor os ouviu. Os israelitas sabiam que Deus ouviu as suas orações porque Ele prometeu ouvi-las. Isso também é verdadeiro para nós (1 João 5:14). Não precisamos confiar em sentimentos ou esperar por um sinal para reconhecer que Deus nos ouve. O Senhor prometeu ouvir e ele cumpre Suas promessas (2 Coríntios 1:20).

– Deus, obrigada por ouvires as minhas orações. Ajude-me a confiar na Tua promessa de que me ouves. Seja comigo em todas as coisas que eu fizer daqui pra frente. Em Teu nome, amém!

 

Jeremias 29:11-13.
Jeremias 29:11-13. Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês’, diz o Senhor, ‘planos de fazê-los prosperar e não de causar dano, planos de dar a vocês esperança e um futuro. 12. Então vocês clamarão a mim, virão orar a mim, e eu os ouvi­rei. 13. Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *